"Sem a curiosidade que me move,que me inquieta,que me insere na busca,não aprendo nem ensino". ( Paulo Freire )



25 de abr de 2010

Objetivo


Este Blog foi criado com objetivo de publicar ações referentes ao Curso Educação Digital - Linux Educacional e/ ou Windows.

O Curso de Educação Digital se propõe a contribuir para a inclusão digital de profissionais da educação, buscando familiarizá-los, motivá-los e prepará-los para a utilização significativa de recursos de computadores e recursos da Internet, refletindo sobre o impacto dessas tecnologias nos diversos aspectos da vida, da sociedade e de sua prática pedagógica.


O papel da tecnologia em nossas escolas é potencializar, é evidenciar as qualidades de um plano pedagógico coerente com os novos desafios e com a escola de hoje.

Aprendendo a aprender para ensinar a ensinar...

" Usar as tecnologias como ferramentas do pensamento parte, portanto, de uma concepção de aprendizagem interacionista, na qual tanto aluno como professor, sujeitos ativos e aprendentes, entram em interação valendo-se de recursos e tecnologias para construir um espaço educativo que promova a aprendizagem ativa, construtiva, reflexiva, dialógica, intencional e contextualizada." (Liliana Passerino)


Proposta Pedagógica do Curso:
- Formação contextualizada - significativa (busca envolver o cursista na análise e solução de problemas/questões que fazem parte de sua vivência);
- Uso de tecnologias como meio e não como fim;
- Interação dialógica com os conteúdos e diferentes vozes, negociação de sentidos, cooperação na construção do conhecimento e sua aplicação prática no trabalho docente;
- Surgimento na Internet de novos gêneros de textos, modalidades de apresentação, formas de construção e socialização de conhecimentos, linguagens de comunicação.
Como projeto político-pedagógico, o Curso procura garantir aos professores e gestores escolares oportunidades de exercício consciente e ativo de seu papel de protagonistas e interlocutores. Espera-se que se tornem aprendizes-autores e que socializem suas produções de várias maneiras e recebam contribuição dos demais, conectados ou não à internet, contando com a orientação e apoio dos formadores, seus parceiros no Curso e na prática profissional.

Encontros presenciais e Atividades à Distância
Cada unidade prevê atividades de aprendizagem envolvendo conceitos, procedimentos, reflexões e práticas para 4 horas semanais, totalizando 40horas. Estas podem ser totalmente presenciais ou distribuídas em:
n encontros presenciais semanais, de, no mínimo, 2h; e
n estudo à distância, guiado pelas Unidades de Estudo e Prática de, no máximo, 2h por semana.

Avaliação e Certificação
Serão consideradas, para fins de certificação, a frequência nos encontros presenciais de formação e atividades produzidos pelo cursista ao longo do curso, devidamente avaliadas pelo formador.